A sigla LTCAT quer dizer Laudo Técnico das Condições do Ambiente do Trabalho e analisa o ambiente de trabalho mostrando todos os agentes químicos, físicos e biológicos que causam prejuízo à saúde do trabalhador em cada ocupação na empresa.

 O LTCAT é um laudo elaborado por um engenheiro ou médico do trabalho, com a finalidade de explicar as condições dos ambientes de trabalho.

 O LTCAT identifica quais são as atividades insalubres da empresa. Devem constar no laudo informações sobre a existência de tecnologia de proteção coletiva (EPC) que diminua a intensidade do agente agressivo a limites de tolerância ou a recomendação para que seja adotado pela empresa.

 A empresa que não mantiver LTCAT atualizado com referência aos agentes nocivos existentes no ambiente de trabalho de seus trabalhadores ou que emitir documento de comprovação de efetiva exposição em desacordo com o respectivo laudo, está sujeita à aplicação de pena prevista em lei.

 O LTCAT é um documento que deve estar sempre disponível na empresa para análise se solicitado, pelos auditores fiscais da previdência social, médicos e peritos do INSS.

 

O LTCAT deve ser realizado novamente, sempre que alguma das condições de trabalho se alterar, guardando-se o LTCAT antigo, que juntamente com as novas alterações introduzidas, formam um documento único que mostra quando as modificações ocorreram.