10 perguntas sobre a NR-10.

1 - O que é um profissional qualificado, habilitado, capacitado e autorizado, dar o perfil do profissional e exemplo.

 

Formação

Perfil

Exemplo

 

Qualificado

Profissional que realizou curso reconhecido pelo sistema oficial de ensino

Engenheiro elétrico, eletricista de manutenção com curso reconhecido.

 

Habilitado

Profissional qualificado que obteve registro profissional no conselho de classe

Engenheiro elétrico com registro no CREA.

 

Capacitado

Profissional que recebeu capacitação da empresa, ministrada por um profissional habilitado e autorizado

Ajudante de eletricista que recebe orientações de trabalho do técnico em eletricidade.

 

Autorizado

Profissional qualificado, habilitado ou capacitado que recebeu autorização formal da empresa para interagir no sistema elétrico

Engenheiro elétrico, eletricista, de manutenção, ajudante de eletricista

 

2 – PIE

a) O que é PIE?

Prontuário de instalações elétricas.

b)  O PIE pode ser digitalizado?

Sim pode ser digitalizado.

 c)  O PIE é padronizado?

Não, deve ser específico de cada empresa, pois deve refletir a cultura e a forma administrativa de cada uma.

d) Quem deve manter o PIE?

Toda empresa com carga instalada igual ou superior a 75 kW, na prática todas aquelas que tiverem cabine primária.

e) O que tem no PIE?

Os laudos de elétrica e SPDA (para raios), diagrama unifilar das instalações elétricas, permissões de trabalho entre outros documentos. O ideal é consultar um profissional para indicar quais documentos devem constar do PIE da sua empresa.

 

3 – O que é o diagrama unifilar? Quem deve ter este documento?

O diagrama unifilar é uma representação da instalação elétrica de sua empresa. É utilizado sempre que houver necessidade de intervenção na parte elétrica do edifício.

Toda empresa deve ter este documento que deve ser confiável e atualizado. Peça para um engenheiro fazer o da sua empresa e contrate-o junto com qualquer serviço de eletricidade.

 

4 – EPI - Equipamento de Proteção Individual

a) Como escolher o EPI correto?

Deve ser considerado a capacidade de proteção, em função do risco a ser protegido, adquirir de empresa séria e sempre com CA.

 

b)  O que é CA?

Certificado de aprovação, expedido pelo órgão nacional competente em matéria de segurança e saúde no trabalho do MTE.

 

5 - Qual a abrangência da nova NR-10?

O campo de abrangência da nova NR-10 é amplo, inclui: etapas de projeto, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades.

 

6 - É obrigatório se adequar a nova NR-10, quando começa?

Sim. A NR-10 entrou em vigor em dezembro de 2004, data de sua publicação no Diário Oficial da União.

 

7 - Referente a documentação,  somente o prontuário é necessário ou ainda são

necessários outros?

Não. A nova NR-10 também institui o Relatório das Inspeções da Conformidade das Instalações.

 

8 - O que é o laudo técnico das instalações elétricas ?

O Laudo das Instalações Elétricas é um Relatório Técnico das inspeções realizadas nas instalações elétricas da empresa com a finalidade de verificar a conformidade com a Norma Técnica Brasileira NBR-5410 e a NR10 - Norma Regulamentadora nº 10 do MTE.

A NR10 exige este laudo.

 

9 - O que é o laudo técnico de inspeção do SPDA?

O Laudo de inspeção do SPDA (Sistema de proteção contra descargas atmosféricas) é o documento técnico das inspeções e medições realizadas no Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas e Aterramento Elétrico da empresa com a finalidade de verificar a conformidade com a Norma Técnica Brasileira NBR-5419 e a NR10 - Norma Regulamentadora nº 10 do MTE.

A NR10 exige este laudo.

 

10 – De acordo com o item 10.4.5, a iluminação inadequada dá direito ao trabalhador receber insalubridade.

A questão no item 10.4.5 é quanto ao conforto, ergonimia e segurança para o desempenho das atividades.

A insalubridade por deficiência de iluminamento foi revogado pela Portaria nº 3.751/90. Assim, a partir desta data o iluminamento deixou de ser um fator insalubre por não mais compor as normas do Ministério do Trabalho que dispõem sobre a caracterização e classificação de insalubridade.